3 Personagens da Série The 100 que Representam o Empoderamento Feminino

10/18/2017 11:18:00 PM


Quem aqui já assistiu a série The 100? Se você não, vou te contar sobre ela! Quando o planeta terra deixa de ser habitável, os sobreviventes de um acidente nuclear são enviados para viverem em estações no espaço. As famílias foram se multiplicando, e após 97 anos não há mais recursos para todos sobreviverem por lá. Então, são enviados para a terra 100 jovens criminosos que deveriam morrer quando chegassem a idade adulta, para descobrirem se a terra voltou a ser habitável para a salvação de todos.

Como o tempo  vivido na série é outro, vemos diversas causas que a população luta hoje se concretizarem. Mas hoje vamos falar sobre o empoderamento feminino que não precisa ser mencionado para ser notado no show. Vemos mulheres líderes, guerreiras, comandantes, independentes, que saem do padrão de mocinha frágil para personagens com histórias próprias que trazem o diferencial a série. E hoje vim te apresentar 3 delas. Ahh! Contém spoilers, okay? 

Clarke Griffin (Eliza Taylor)


Clarke sai totalmente daquele esteriótipo de mulher loira e burra para uma líder nata, que fica a frente de seu povo sem usar nenhum tipo de luta. Desde o inicio da série ela procura a paz e a boa convivência entre todos utilizando sua inteligência e um bom diálogo. Um diferencial que a série traz para essa personagem é o fato de  Clarke e Bellamy (outro protagonista), não formam um casal. A relação dos dois vai além disso. Um vinculo não só de amizade mas de respeito é criada entre os dois, que juntos trabalham buscando protegerem seu povo. Eu acho isso incrível!  Os dois são o suporte um para o outro sem todo um drama romântico entre eles. Ahh! E a Clarke é bissexual, mas não existe um tabu sobre isso e ninguém liga, na verdade! 

Octavia Blake (Marie Avgeropoulos)


Octavia é a personagem de The 100 com maior evolução na minha opinião. Para começarmos falar sobre ela, preciso comentar que o crime cometido por Octavia para ir a terra foi simplesmente ter nascido. Na arca, cada mulher poderia apenas ter um filho, e  Octavia era a unica com irmão mais velho, e por isso passou a vida na arca se escondendo embaixo do chão. Quando 'O' chegou a terra, ela se sente livre e resolve fazer tudo que der na telha. Logo pensei o quanto de problemas aquela garota iria arrumar! Isso de fato aconteceu, mas a personagem teve um crescimento absurdo! Quando ela engata um romance com o grounder Lincoln, esperei mais um defensor para ela, além de seu irmão Bellamy, mas ela decide aprende a lutar, se torna uma guerreira e não precisa de mais ninguém para defendê-la. Ao longo da série Octavia deixa de ser a menina que perseguia borboletas para uma mulher que sabe realmente quem é e persegue sangue.


Raven Reyes (Lindsey Morgan)


Raven, uma das mentes mais brilhantes existente em The 100! A engenheira mecânica está sempre arrumando alguma solução para os inúmeros problemas que aparecem por lá. Inclusive, Raven é a responsável por levar alguns de seus amigos de volta para os céus no final da 4 temporada. Voltando ao início...ela não foi para terra junto com os 100 enviados, mas deu um jeito para ir atras de Finn, seu namorado. Porém Raven não chegou apenas para ser a namoradinha. Hoje, ele nem existe mais, mas ela continua lá se destacando por sua força e inteligente. Aliás, eu não tenho nada contra romances, gente! Eu amo! Só que, nem sempre isso é importante. Existem personagens que têm muito mais a contar sem precisar de um par. E Raven Reyes se encaixa perfeitamente nesse caso.
A verdade é que Raven desde sua primeira aparição se revelou uma das personagens mais fortes da série. Reys já quase morreu inúmeras vezes! Dando um passeio no espaço, levando tiro, sendo atacada, torturada, chegando a terra com uma nave velha, quando tentaram tirar sua medula óssea, em explosão, por causa de um chip que invadiu sua mente, já perdeu o movimento de uma das pernas, e além de ter sofrido por ter perdido pessoa que amava no meio da guerra que The 100 é, Raven continua firme, ultrapassando todos os desafios e tirar forças de onde não havia mais. Raven Reys é um exemplo de superação e determinação. 



É esperado que mais séries façam como The 100 tragam para as telinhas mulheres fortes que representem mulheres reais que mesmo de formas diferentes lutam todos os dias. Clarke, Octavia e Raven são apenas três de uma série lotada de mulheres incríveis e empoderadas. Lexa, Abigail, Indra, Echo, Emori, Luna também deixam seu legado na história e portanto merecem ser lembradas. Vale muito a pena conhecer a série, gente! Está disponível na Netflix as três primeiras temporadas, mas já foi lançada a quarta e já estão gravando a quinta! Tenho certeza que The 100 ainda tem muito a mostrar e se destacar!

Enfim! Espero que tenha gostado do post!

Um beijão,
Lorena Souza.







Você Pode Gostar Também

0 comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

MEU POST FAVORITO

Além de descobrir, sim redescobrir.